Haver ou a Ver? Como escreve?

Como e onde usar haver ou a ver?

“Deverá haver mudanças”. Ops, mas esse “haver” é com H ou sem H? Na hora de escrever a grafia das palavras muitas vezes nos bate aquele branco.
Na língua portuguesa as duas grafias estão corretas, ou seja, está certo escrever tanto haver quanto a ver. Haver e a ver são parônimos, isto é, palavras com similaridade na grafia e com mesmo som, porém com significados distintos. Mas aí nos perguntamos: qual a diferença entre elas finalmente ?

A expressão ter a ver (não ter nada a ver, na forma negativa) vem normalmente seguida pela preposição ‘com’ e é usada no sentido de ‘ter relação com’. Já a expressão ter a haver tem sentido de ter a receber, ter algo como crédito.

Haver ou a Ver?

Haver ou a Ver?

Saiba agora quando usar Haver ou a Ver

Como e onde usar haver ou a ver
Exemplos de uso:

“O aumento do preço das mercadorias tem a ver com a escassez dos produtos.” (sentido de ter relação com)
“Paulo recebeu a primeira parcela do crédito, mas ainda tem a haver 100 reais.” (sentido de receber, crédito)
“A queda das vendas não tem nada a ver com os problemas de trânsito.”

Podemos observar também, que o verbo “haver” é usado no sentido de “existir” ou “ocorrer”, conforme os exemplos abaixo:

Ocorrerão mudanças.
Existirão mudanças.

Contudo, com o verbo haver não há (não existe) flexão de número, pois é um verbo impessoal. Isso significa que permanece na terceira pessoa do singular, pois não tem sujeito. Por essa razão o correto é escrever: “Haverá mudanças”.

Afim ou a fim

É importante observar que os verbos auxiliares assumem o comportamento dos verbos principais. Assim, temos o seguinte:

Deverão ocorrer mudanças.
Deverão existir mudanças.
Deverá haver mudanças.

Portanto, na dúvida entre usar haver e a ver, não esqueça de lembrar do sentido de cada uma destas expressões:
Haver – sentido de ter a receber, ter algo como crédito
A ver – sentido de ‘ter relação com’

#Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *